Arquivo da tag: TAAG

TAAG avisa


Aviso aos navegantes:

A TAAG informa aos seus estimados passageiros que, por instruções da entidade aeroportuária do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, a partir do dia 13 de Janeiro de 2013 os seus voos passarão a ser direccionados para o terminal 2 do mesmo aeroporto.
Todos os passageiros do voo DT741 deverão ser esperados à chegada no terminal 2, do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. Deverão também dirigir-se para o terminal 2 os passageiros do voo DT742 com regresso a Luanda.
Anteriormente a TAAG operava no terminal 1.

Comentários desativados em TAAG avisa

Arquivado em Atualidade

TAAG liberada a voar pela Europa


A TAAG vai voltar a voar pela Europa.

A noticia foi divulgada ontem, pela Angop, que anunciou assim a saída da companhia aérea angolana da chamada “lista negra” da União Européia:

Luanda – A companhia aérea angolana TAAG foi autorizada pela Comissão Europeia a retomar as operações da sua frota de nova geração para qualquer destino dentro da União Europeia (UE), anunciou nesta terça-feira, em Luanda, o ministro dos Transportes, Augusto Tomás.

TAAG é a companhia de bandeira de Angola

Comentários desativados em TAAG liberada a voar pela Europa

Arquivado em Atualidade

Novo voo da TAAG


 

Boeing da TAAG

Boeing da TAAG

 

 

A partir de agora, São Paulo também terá voos para Luanda.

Com a nova rota, inaugurada hoje, a TAAG amplia de seis para sete a frequencia de voos para o Brasil.  

A companhia vai operar às segundas, quartas e sábados, da capital paulista para a angolana. Nos demais dias da semana,  a rota é feita do Rio de Janeiro.

1 comentário

Arquivado em Atualidade

Droga no avião


Aeronave da TAAG
Aeronave da TAAG

Esse episódio do guineense me fez lembrar outro que vivi, ano passado, mais ou menos em junho, numa das idas e vindas Rio-Luanda/Luanda-Rio.

Estava eu lá, bem bonita, dentro do avião da TAAG, à espera da descolagem, como se diz em bom português. Parecia que naquele dia ia ser tudo rápido.

Mas como não pode deixar de ser nos emocionantes voos para Angola, o senhor à minha frente começa a passar mal.

A esposa segreda pro vizinho ao lado:

– Ele tem medo de avião.

O passageiro parecia bem inquieto.

Até que surge a aerokota* e longos minutos depois o senhor é retirado da aeronave. Ia ser examinado pelo pessoal da Samu.

Corta.

O senhor sai e aí volta a aerokota com a informação. O senhor não ia poder embarcar pois estava tendo uma crise hipertensiva.

Foi aquele rebuliço, tiraram o cara, a mulher e os filhos, etc e tal…

Quando pensei que tava tudo resolvido. Que nada!

O comandante informa, com aquele sotaque português, que a Polícia Federal estava a fazer buscas no voo. Suspeita de tráfico internacional de drogas.

Ficamos duas horas no Galeão (aeroporto no Rio de Janeiro), naquela louca espera. Tempo suficiente para o cidadão hipertenso melhorar e voltar.

Bem. Só quando cheguei a Luanda descobri: tinha um cidadão, que não era o passageiro hipertenso (é bom que se diga), que estava levando cocaína na bagagem.

Foi preso e retirado do avião.

Mais um exemplo do quanto é comum esse tipo de crime envolvendo africanos no Brasil.

Obs*: aerokota = termo utilizado por alguns brasileiros para designar as comissárias de bordo da TAAG, que não são mais tão moças. Kota quer dizer mais velho em mangolê.

1 comentário

Arquivado em Atualidade