Arquivo da categoria: História

Mulher africana, parte 4


Eis o final da história desta mulher que mostra a força do gênero feminino no Egito.

Aqui termina o documentário sobre Cleópatra.

Marco Antonio entrega territórios romanos à rainha egípcia que queria transformar o filho que teve com César, Cesáreo, em um poderoso faraó.

Otaviano declara guerra ao casal.

Marco Antonio perde a batalha e comete suicídio.

Cleópatra usa uma naja para morrer como rainha sem ser submetida a humilhação.

 

Cleópatra – Parte 5

Anúncios

Comentários desativados em Mulher africana, parte 4

Arquivado em Documentário, Esportes

Mulher africana, parte 3


 

Este é o penúltimo vídeo.

Cumpro mais uma vez  o prometido: postar o assunto ao menos uma vez.

Aproveitem para conhecer a história de Cleópatra e do Egito.

E os links que a África branca tem com a trajetória da humanidade na área política.

Cleópatra – Parte 3

Comentários desativados em Mulher africana, parte 3

Arquivado em Atualidade, Documentário, História

Cais do Valongo: porto da escravidão


Estas imagens são, evidentemente, da época da escravidão.

Foram feitas por Debret, um artista francês que viveu no Brasil entre 1816 e 1831 como pintor oficial do Império, e retratou os costumes da então colônia de Portugal.

Mas o post é para falar de outra coisa.

É que o Rio de Janeiro vai “ressuscitar”  o Cais do Valongo, construído no fim do século XVIII para o desembarque de milhares de escravos.

Segundo o jornalista Élio Gaspari (veja o texto em pdf), foi o maior porto de chegada de escravos do mundo.

Entre 1758 e 1851, informa, passaram por ali pelo menos 600 mil escravos trazidos d’África. Metade deles tinha entre 10 e 19 anos.

O fato é que o governo carioca pretende criar um memorial.

E mostrar ao mundo o lugar onde desembarcaram no Brasil milhares de homens, mulheres e crianças vindos de África.

É uma maneira de lembrar a todos nós a dívida histórica que o planeta tem com o continente africano e o seu povo.

Veja a notícia no jornal O Globo: Cariocas e turistas poderão ver como era o cais do Valongo

Comentários desativados em Cais do Valongo: porto da escravidão

Arquivado em Atualidade, Cultura, História

Mulher africana, parte 2


Promessa é dívida.

Mais um post da série sobre Cleópatra, um dos capítulos daquelas aulinhas sobre a força da África branca na história da humanidade.

Neste vídeo, segue a origem do que o autor deste documentário chamou de “a morte da democracia”.

Cleópatra – Parte 3

Comentários desativados em Mulher africana, parte 2

Arquivado em Atualidade, Documentário, História

Mulher africana


Vocês sabem de quem é este rosto?

Quase todo mundo ao menos já ouviu falar.

Cleópatra.

Um exemplo de ícone marcante de parte da história dos povos do norte da África.

Para ser mais precisa: é um dos símbolos mais fortes da trajetória do Egito.

Pois bem.

Achei no youtube o documentário abaixo sobre a moça.

Venham aqui ao menos uma vez por semana.

Prometo postar todos os capítulos.

Aproveitem.

Cleópatra – PARTE I

Cleópatra – PARTE 2

Comentários desativados em Mulher africana

Arquivado em Atualidade, Documentário, História

O Egito é aqui


Essa música diz tudo e Margareth, idem. Combina com o momento… Ignorem a vinheta da emissora de televisão, ouçam o discurso de Maga e reflitam sobre a letra da música:

Comentários desativados em O Egito é aqui

Arquivado em Atualidade, História

Os fortes de lá


A similaridade entre Luanda e Salvador é desconcertante.

Os fortes erguidos pelos portugueses que aqui na Bahia povoam o nosso litoral são um belo exemplar disto.

Futucando meus arquivos, encontrei fotos da Fortaleza São Miguel de Luanda.

Foi construída no século XVI para defender a capital de Angola.

É um passeio e tanto para quem curte  este tipo de lugar.

Olha a visão que se tem da baía.

Fortaleza São Miguel de Luanda|Foto: Hilcélia Falcão

Vista da baía de Luanda|Foto: Hilcélia Falcão

2 Comentários

Arquivado em Atualidade, Cultura, História

Guerra colonial em Moçambique


Fez muito sucesso entre os internautas que navegam por este blog os sucessivos posts sobre a Guerra colonial em África.

Reproduzi aqui episódios do documentário da RTP que traz informações importantes sobre este período da história do continente na época em que era subordinado a Portugal.

Paramos no 18º episódio pois não consegui localizar nenhum outro na web.

Agora, achei um novo documentário, desta vez do Diário de Notícias, que trata da guerra colonial em Moçambique.

Recomendo, antes de ver os vídeos que seguem abaixo, dar uma lidinha neste texto aqui.

Acompanhem o documentário e vejam o quão pouco conhecemos das histórias de África!

Ao final da exibição do vídeo (Parte 01), basta clicar nos links para acessar os episódios seguintes.

Quando tudo começou:

PARTE 01

 

Comentários desativados em Guerra colonial em Moçambique

Arquivado em Documentário, História

Costa do Marfim, uma reflexão


CotedIvoire

A notícia não é nova.

Mas sempre que me deparo com este tipo de informação sobre África, fico a pensar quando é que este continente estará pacificado.

Segundo a Reuters apurou junto à ONU, até hoje, ao menos 247 pessoas morreram durante a onda de violência na Costa do Marfim que se seguiu após a eleição presidencial de 28 de novembro.

Uma pena que a democracia pareça ser uma realidade distante no continente.

Vejam aí o texto da France Presse, do dia 26.12, sobre o que pensa o governo angolano.

Lá vai:

LUANDA, 26 dez 2010 (AFP) -O governo de Angola, que expressou seu temor de que uma guerra se inicie na Costa do Marfim, negou que haja mercenários angolanos espalhados pelo país, como indicam relatórios apontando que o presidente Laurent Gbagbo, que se recusa a deixar o poder, teria recrutado homens armados na Angola e na Libéria para defendê-lo.

“O governo angolano acompanha com muita apreensão o fato de que todas as medidas tomadas até agora pela comunidade internacional conduzem inevitavelmente a uma guerra na Costa do Marfim”, alertou um comunicado sobre a crise marfilenha publicado em Luanda.

Leia mais

Tem também esta notícia novinha na RTP: Presidente eleito é Laurent Gbagbo

Entenda um pouco sobre a situação política na Costa do Marfim clicando aqui.

1 comentário

Arquivado em Atualidade, História

Naomi e os diamantes de sangue


Faz tempo que não apareço por aqui.

Há muitas notícias de África que ficaram para trás.

A de hoje é a confirmação do que muita gente já sabe: diamantes geram mortes no continente.

Ontem, a modelo Naomi Campbell disse para o Tribunal Especial para Serra Leoa (TESL), em Haia, ter recebido diamantes do ex-presidente da Libéria, Charles Taylor, acusado de cometer crimes de guerra durante o conflito de Serra Leoa (1991-2001).

Naomi não ficou com as pedras e doou para o Fundo Nelson Mandela para a Infância.

O ex-presidente do fundo, Jeremy Ratcliffe, guardou as pedras e agora as entregou às autoridades sul-africanas.

A investigação tenta desvendar os vínculos de  Taylor com milícias em Serra Leoa.

As gemas, vindas de conflitos na Libéria, Serra Leoa e Angola, ficaram conhecidos como “diamantes de sangue”.

Taylor é acusado de 11 crimes de guerra

E nega que teve contato com os diamantes.

Neste link, há um pouco da história do país, via wikipedia. É só clicar Serra Leoa

No vídeo abaixo, dá para entender como as pedras preciosas foram usadas para financiar a discórdia na Serra Leoa, país que tem uma das populações mais pobres do mundo.

Comentários desativados em Naomi e os diamantes de sangue

Arquivado em Atualidade, História