Arquivo do mês: agosto 2010

O Quenia renasce


O Quenia renasceu. Será o sinal de novos tempos em África? Veja como a BBC noticiou a promulgação da nova Constituição daquele país. Taí:

Com um simples movimento da sua caneta, o Presidente Mwai Kibaki mudou o Quénia para sempre.

Momentos antes de promulgar a nova Constituição e mostrar o documento perante a multidão entusiasmada, ouviram-se canhões a disparar 21 tiros para celebrar o acontecimento e uma banda militar tocou o hino nacional.

Foi a altura certa para anunciar o que os líderes políticos do país chamam de “nascimento da segunda república”.

E há muito para celebrar.

Vejam a íntegra da reportagem: O renascer de uma nação?

2 Comentários

Arquivado em Atualidade

Farra no musseque


Musseques é como são chamados os bairros pobres de Luanda, equivalentes às favelas no Brasil.

Neste vídeo, produzido pela TV Francesa, o músico angolano Elias Dia Kimuezo canta para o povo pobre da capital de Angola.

Observe a graça com que eles brindam a vida.

Ali, a falta de recursos materiais é um detalhe.

Eles são felizes mesmo assim.

Comentários desativados em Farra no musseque

Arquivado em Atualidade

Movimento X


Comentários desativados em Movimento X

Arquivado em Atualidade, Cultura

Buika e a África espanhola


Ela nasceu em Palma de Maiorca, na Espanha, mas bem que poderia ter sido em África.

Concha Buika é filha de uma família da Guiné Equatorial, antiga colonia espanhola.

Mas nasceu em solo espanhol.

Resultado de um mix de culturas, que inclui influência cigana, Buika é prova viva do deleite que a pluralidade étnico-cultural oferece aos sentidos.

Com vocês, Buika – nem cigana, nem africana (não consegui carregar o vídeo) :

http://www.youtube.com/watch?v=QKy_uZCC-Ko&feature=fvw

2 Comentários

Arquivado em Atualidade, Cultura

Herero em Lisboa


Deu no Publico:

Homenagem póstuma

Exposição de fotografia sobre o povo Herero homenageia Ruy Duarte de Carvalho

É.

As  fotos do brasileiro Sergio Guerra mostram Angola ao mundo.

Valapena!

Comentários desativados em Herero em Lisboa

Arquivado em Atualidade

Literatura angolana no Brasil


Pepetela no Brasil.

Valapena!

Comentários desativados em Literatura angolana no Brasil

Arquivado em Atualidade, Cultura

Naomi e os diamantes de sangue


Faz tempo que não apareço por aqui.

Há muitas notícias de África que ficaram para trás.

A de hoje é a confirmação do que muita gente já sabe: diamantes geram mortes no continente.

Ontem, a modelo Naomi Campbell disse para o Tribunal Especial para Serra Leoa (TESL), em Haia, ter recebido diamantes do ex-presidente da Libéria, Charles Taylor, acusado de cometer crimes de guerra durante o conflito de Serra Leoa (1991-2001).

Naomi não ficou com as pedras e doou para o Fundo Nelson Mandela para a Infância.

O ex-presidente do fundo, Jeremy Ratcliffe, guardou as pedras e agora as entregou às autoridades sul-africanas.

A investigação tenta desvendar os vínculos de  Taylor com milícias em Serra Leoa.

As gemas, vindas de conflitos na Libéria, Serra Leoa e Angola, ficaram conhecidos como “diamantes de sangue”.

Taylor é acusado de 11 crimes de guerra

E nega que teve contato com os diamantes.

Neste link, há um pouco da história do país, via wikipedia. É só clicar Serra Leoa

No vídeo abaixo, dá para entender como as pedras preciosas foram usadas para financiar a discórdia na Serra Leoa, país que tem uma das populações mais pobres do mundo.

Comentários desativados em Naomi e os diamantes de sangue

Arquivado em Atualidade, História