Quilombola recebe premio da ONU


Secretário da ONU, Sha Zukang, entrega prêmio a Pedrina e José Carlos | Foto: Hilcélia Falcão

Pedrina Belém Rosário, 21 anos, é quilombola.

Esta semana foi a Barcelona, na Espanha, receber o Prêmio ao Serviço Público das Nações Unidas 2010.

Estive lá.

Da plateia, fiquei emocionada ao vê-la no palco, ao lado de José Carlos Santos, presidente da Associação Guardiã da Apa do Pratigi, receber o prêmio das mãos do  secretário geral de Economia e Direito Social da ONU, Sha Zukang.

Era o Brasil dos menos ricos representado em pleno Auditorio y Centro de Convenciones Axa, no velho mundo, hoje em crise.

O mérito é todo da comunidade de 11 municípios do Sul da Bahia que fazem do Programa de Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDIS) uma realidade.

Têm o apoio da Fundação Odebrecht.

Mas finalmente são os atores da própria ascensão social.

Anúncios

Comentários desativados em Quilombola recebe premio da ONU

Arquivado em Atualidade

Os comentários estão desativados.