Arquivo do mês: janeiro 2010

Palancas estão fora das semifinais


Angola está fora das semifinais da Copa Africana de Nações.

A AFP noticiou assim:

A seleção de futebol de Gana, que participará do Mundial da África do Sul este ano, derrotou por 1 a 0 neste domingo a equipe de Angola, que sedia a Copa da África de Nações (CAN), classificando-se para as semifinais do torneio.

Nos primeiros 15 minutos de partida, Asamoah Gyan abriu o placar para os ganeses (16), garantindo a vitória sobre os angolanos em Luanda.

Apesar da pouca experiência, a equipe local soube conter as estrelas de uma das seleções mais fortes do futebol africano, que agora espera o resultado da partida entre Zâmbia e Nigéria, na segunda-feira, para conhecer seu adversário da semifinal.

E o que disse a Angop, agencia nacional de notícias angolana?

Vejam ai:

Seleção de Angola sai de cabeça erguida

Anúncios

Comentários desativados em Palancas estão fora das semifinais

Arquivado em Atualidade, Esportes

Cocan 2010: Nigéria classificada


Perdão leitores, mas por absoluta falta de tempo não estou conseguindo acompanhar o Cocan 2010, que acontece em Angola.

Para além do episódio envolvendo a seleção do Togo, quase nada foi postado por aqui.

Tudo o que sei é que Angola está nas quartas de final.

Como sei que os brasileiros adoram futebol e devem se interessar pelo andamento das competições, fica a sugestão:

Vocês podem acompanhar o noticiário no site oficial: Cocan2010.

Informação novinha em folha: Nigéria qualifica-se e Moçambique fica sem seleccionador

Comentários desativados em Cocan 2010: Nigéria classificada

Arquivado em Atualidade, Esportes

Constituição de Angola: eleições em 2012


Primeiro, teriam sido em 2008.

Depois, elas pareciam adiadas para 2009.

Agora, ficou claro.

Está cada vez mais distante o dia em que os angolanos escolherão, de forma direta, o seu presidente.

Com a aprovação da Constituição nesta quinta-feira, 21, acaba de uma vez a possibilidade de eleições presidenciais diretas no País.

Conforme o texto, a partir de agora, o líder do partido majoritário na casa legislativa será o chefe de Estado.

Em setembro de 2008, o Movimento Popular pela Libertação de Angola (MPLA), no poder desde a independência nos anos 70, venceu as legislativas.

Pela nova Constituição, um presidente só poderá ficar no cargo por dois mandatos consecutivos de cinco anos.

Como a lei entrou em vigência a partir de agora, isto significa que José Eduardo dos Santos, 67 anos, terá pelo menos mais 10 anos no poder.

As próximas legislativas estão marcadas para 2012.

O Público noticiou assim:

Constituição de Angola que reforça presidente já foi aprovada

Comentários desativados em Constituição de Angola: eleições em 2012

Arquivado em Atualidade

Haiti na África?


“A calamidade que se abate sobre o Haiti leva-me a propôr uma solução radical: criar em África, seja onde for, algum lugar onde africanos possam regressar às origens e tenham o seu espaço próprio”.

Abdoulaye Wade, presidente do Senegal

Leia mais…

1 comentário

Arquivado em Atualidade

Catástrofe no Haiti


haiti-terremoto-puerto principe-pic

Um terremoto de 7 graus na escala Richter devastou o Haiti, país mais pobre das Américas.

Colonizado pelos franceses, a nação – já castigada pela pobreza e pelos sucessivos golpes de estado – tem nos negros a maioria da sua população.

Morreram cerca de 50 mil pessoas, entre elas a criadora da Pastoral da Criança, a pediatra brasileira Zilda Arns, além de pelo menos 15 militares do Brasil que estavam no país em missão de paz.

A wikipedia, já atualizada com o terremoto de anteontem, conta a história do Haiti.

Comentários desativados em Catástrofe no Haiti

Arquivado em Atualidade

Entenda os ataques em Cabinda


“Há quanto tempo sabemos que há grupos separatistas em Angola? Que há risco de ataques terroristas?”

(Danny Jordaan, organizador do Mundial de Futebol 2010, à agência France Presse)

Entenda o episódio em Cabinda, conforme o jornal O Globo

Comentários desativados em Entenda os ataques em Cabinda

Arquivado em Atualidade

Seleção do Togo é metralhada em Cabinda


Hão de pensar que demorei muito para postar este assunto.

O fato é que a perplexidade ainda é grande quanto ao violento episódio ocorrido em Cabinda, na sexta-feira, envolvendo a seleção de futebol do Togo.

Um grupo de guerrilheiros atacou o ônibus que seguia com os atletas  para Luanda, onde participariam da Copa Africana das Nações.

Três pessoas morreram – o assessor de imprensa, o motorista e o técnico assistente.

Hoje, os jogadores, que decidiram não participar do campeonato, retornaram ao Togo.

Angola empatou com o Mali na primeira partida da competição, realizada neste domingo.

Comentários desativados em Seleção do Togo é metralhada em Cabinda

Arquivado em Atualidade, Esportes

Zuma casa pela quinta vez


A poligamia africana é algo que foge à compreensão de muitos de nós, ocidentais acostumados à monogamia oficial dos contratos de casamento.

Mas, é fato, os africanos conciliam a prática com os hábitos da civilização branca que os colonizou.

Vejam essa de Jacob Zuma, presidente da África do Sul, que contraiu quintas núpcias e resolveu desta forma o impasse sobre quem ocupa o lugar de primeira-dama.

Lá vai o texto da Reuters:

Por Stella Mapenzauswa

JOHANESBURGO (Reuters) – As três esposas do presidente sul-africano, Jacob Zuma, não concorrerão à posição de “primeira dama”, pois a Constituição não prevê a designação do título, informou o governo na quarta-feira, 6.

A mídia sul-africana especulou sobre qual esposa assumiria o papel após o quinto casamento de Zuma na segunda-feira, dando ao tradicionalista zulu sua terceira esposa atual.

“A Constituição da República da África do Sul não tem cláusulas que preveem a primeira dama ou primeiras damas, e não existe tal designação oficial”, afirmou a presidência em comunicado.   “O presidente será acompanhado por qualquer uma de suas esposas em eventos oficiais ou públicos, ou todas ao mesmo tempo se ele assim decidir. Essa é sua prerrogativa”.

Casamentos múltiplos são permitidos na África do Sul e fazem parte da cultura zulu, mas na prática tem levantado críticas de ativistas de HIV/AIDS num país que tem um dos maiores índices de infecção do mundo.

Zuma, que também foi casado com a ministra de Assuntos Internos, Nkosazana Dlamini-Zuma, antes do divórcio em 1998, enquanto outra esposa cometeu suicídio em 2000, tem defendido repetidamente sua decisão de ter diversas esposas.

Ele tem 19 filhos, segundo sua biografia oficial no site da presidência, e também está noivo de pelo menos mais uma mulher.

Achei este vídeo no youtbe:

VEJA CENAS DO CASÓRIO que o jornal Publico veiculou.

Comentários desativados em Zuma casa pela quinta vez

Arquivado em Atualidade

Baixa do Cassange: revolta é relembrada


[baixacassange.jpg]

O massacre da Baixa do Cassange, um dos momentos mais violentos da guerra colonial em Angola, voltou ao noticiário angolano esta semana, período que coincide com o aniversário do episódio.

Conforme reportagem do jornal O País, o governo português não está disposto a indenizar os sobreviventes da tragédia.

Confira aqui matéria reproduzida pelo site Angonoticias. Prestem atenção nos comentários postados no site pelos angolanos.

O Jornal de Angola, da comunicação social estatal, também veiculou matéria sobre o assunto. Clique e entenda o que foi o movimento.

Comentários desativados em Baixa do Cassange: revolta é relembrada

Arquivado em Atualidade

Piratas da Somalia atacam mais dois navios


Já virou assunto corriqueiro.

Novamente, piratas da costa da Somália voltaram a atacar.

Desta vez, um navio cargueiro e um navio-tanque – com produtos químicos – foram sequestrados, segundo informaram autoridades europeias no último sábado (2).

Com esses, sobe para quatro o número de navios sequestrados na última semana, indicando que os piratas continuam sendo um problema sério na perigosa costa da Somália, um ano depois de uma força naval internacional ter começado a patrulhar a região, informou a Associated Press.

Ns últimos dois anos,  mais de 80 navios foram sequestrados pelos piratas.

Atualmente, 14 navios e quase 300 tripulantes estão sob o poder dos somali.

Comentários desativados em Piratas da Somalia atacam mais dois navios

Arquivado em Atualidade