Nem claro, nem negligente


Pesquei no Saturnália que por sua vez havia encontrado esta preciosidade no Boca no Trombone. Nada mais adequado à Semana da Consciência Negra:

Falar negramente
nem claro
nem negligente

Tornar negro
sem ficar claro
sem clarear a mente

Falar negramente
nem que para isso
eu fale naturalmente

Banir da língua negra
a palavra racista
que alguém implantou
no vocabulário pobre, branco, manco
que o negro invejou

(nos Cadernos Negros, nº 9)

Anúncios

Comentários desativados em Nem claro, nem negligente

Arquivado em Atualidade

Os comentários estão desativados.