Arquivo do dia: 11/11/2009

Música mestiça


O ano da França no Brasil trouxe a cultura africana para mais perto dos baianos.

Primeiro, foi o cinema.

Agora, é a música de África que está em exibição em Salvador.

Sexta, sábado (18h) e domingo (19h), no Museu do Ritmo, tem o Festival Músicas Mestiças.

O ingresso é baratinho: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Cliquem aqui e vejam a programação.

Confira, abaixo, um pouco da sonoridade do cabo-verdiano Tcheka, único artista de língua portuguesa a participar do evento.

Vencedor do Prêmio RFI (Radio France Internationale) Músicas do Mundo 2005, ele sobe ao palco sexta-feira.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Atualidade

No túnel do tempo


Angola, no antigamente, como se diz por lá:

Comentários desativados em No túnel do tempo

Arquivado em Atualidade

Angola livre: 35 anos


Hoje, faz 35 anos que Angola ficou independente de Portugal.

Temos postado a série sobre a guerra colonial, produzida pela RTP, que vocês podem conferir navegando pelo blog.

Hoje, em homenagem àqueles que lutaram para tornar Angola livre dos colonos, segue um videozinho mais afeito à área cultural.

Confiram o grupo Angola Ritmos (ou N´gola Ritmos), referência na época da luta pela independência. Alguns integrantes chegaram a ser presos na época da repressão:

Encontrei também este outro.

Vejam a delicadeza destes artistas a cantar no idioma nacional, não sei se kibundo ou umbundo.

A melancolia típica do lamento negro que originou o jazz também aí está. Apreciem:

Brasileiros, vejam como parecem com muitos de nós.

Baianos e cariocas, vejam de onde vem a nossa ginga:

Comentários desativados em Angola livre: 35 anos

Arquivado em Atualidade, História