Mortes na Somalia


Somalia map

Prossegue complicada a situação na Somália.

Pelo menos 24 pessoas morreram ontem quando radicais islâmicos lançaram morteiros em um aeroporto em Mogadíscio, capital do país.

O alvo era o presidente Sharif Sheik Ahmed, que embarcava em um avião.

O ataque gerou um confronto que causou as mortes.

Ahmed não foi ferido e decolou em segurança.

Um grupo rebelde vinculado à Al-Qaeda trabalha para derrubar o frágil governo apoiado pelas Nações Unidas.

A intenção é expulsar os cerca de 5 mil mantenedores de paz da União Africana (UA) no país.

Anúncios

Comentários desativados em Mortes na Somalia

Arquivado em Atualidade

Os comentários estão desativados.