Trienal de Luanda


Video WASH - Yonamine

Esqueça ao menos por um instante as imagens tribais de nossa África ancestral.

Elas não fazem parte da arte que Angola mostrará à Bahia em evento prévio da II Trienal de Luanda, prevista para 13 de setembro a 19 de dezembro de 2010.

Em vez disso, haverá fotografias, vídeos, música e instalações.

A genuína arte contemporânea será apresentada no próximo ano na mostra que traz como tema “Geografias Emocionais, Arte e Afectos”.

Antes, começa a percorrer o globo com prévias que prometem seduzir público e crítica.

Este ano, já no Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, os interessados poderão conferir, no Solar Ferrão, em Salvador, Bahia, a exposição Luanda, Suave e Frenética.

Veja abaixo vídeos dos trabalhos dos artistas angolanos Yonamine e Kiluanji Kia Henda, que serão mostrados em novembro, em Salvador:

Para o próximo ano, estão previstos 200 eventos artísticos e culturais, promovidos pela Fundação Sindika Dokolo.

O projeto, orçado em US$ 3 milhões, envolve 22 cidades de quatro continentes: dez africanas, oito europeias, duas asiáticas e duas americanas.

No Brasil, além de Salvador, São Paulo está incluída no roteiro da mostra.

Sindika Dokolo

Sindika Dokolo

O congolês Sindika Dokolo, 35 anos, é casado com Isabel dos Santos, filha do presidente de Angola, José Eduardo dos Santos.

Clique aqui e saiba mais sobre a família Dokolo. Veja fotos da coleção de obras de arte da fundação.

Leia mais sobre as riquezas de Dokolo nesta matéria do jornal Publico.

dez cidades africanas, oito
europeias, duas americanas e igualmente duas asiáticas.
Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Atualidade, Cultura

2 Respostas para “Trienal de Luanda

  1. juborges

    Hilcélia, eu tive aqui em Salvador com o pessoal da Trienal. Foi tão de última hora que nao tive tempo nem de falar com vc!!!! Que pena, fica pra próxima! bjs