Arquivo do mês: setembro 2009

Violência em Conacri


Manifestantes na Guiné mostram cartaz com frase 'Abaixo o Exército no poder' (28 de setembro)

Quem não conhece África, confunde Guiné e Guiné-Bissau.

A primeira é uma ex-colonia francesa, a segunda, portuguesa.

Ontem, em Conacri, capital da Guiné francesa, soldados embriagados puseram mais uma dose de terror à realidade local.

Dispararam tiros para o alto um dia depois de forças do governo terem matado ao menos 157 pessoas e ferido 1.200 em uma manifestação pró-democracia, informou a Agência Estado.

Grupos humanitários  denunciaram que há relatos de soldados atacando pessoas com baionetas e despindo e estuprando mulheres durante as manifestações.

O político da oposição Mutarr Diallo disse ter testemunhado violência sexual.

Capitão Moussa Dadis Camara

Camara

Tudo começou na segunda-feira, quando cerca de 50 mil pessoas protestavam contra a notícia de que o capitão Moussa Dadis Camara, que tomou o poder após um golpe de estado, se candidataria nas eleições presidenciais, em janeiro de 2010.

Soldados lançaram gás lacrimogêneo e abriram fogo contra os manifestantes.

Guiné vinha de duas ditaduras consecutivas.

Os nacionais de Conacri que vivem na outra Guiné, a Bissau, acompanharam atentos, pelos meios de comunicação, a situação no seu país.

O governo brasileiro condenou o massacre.

Uma pena que as coisas ainda sejam assim em África.

Clique aqui e veja o que diz o Diário de Notícias sobre o assunto.

2 Comentários

Arquivado em Atualidade, Política

João Melo e o Brasil



“A literatura angolana não seria o que é sem o neo-realismo português e o romance nordestino brasileiro”

Escritor João Melo, durante palestra na Universidade Federal da Bahia

Comentários desativados em João Melo e o Brasil

Arquivado em Atualidade, Cultura

Trienal de Luanda


Video WASH - Yonamine

Esqueça ao menos por um instante as imagens tribais de nossa África ancestral.

Elas não fazem parte da arte que Angola mostrará à Bahia em evento prévio da II Trienal de Luanda, prevista para 13 de setembro a 19 de dezembro de 2010.

Em vez disso, haverá fotografias, vídeos, música e instalações.

A genuína arte contemporânea será apresentada no próximo ano na mostra que traz como tema “Geografias Emocionais, Arte e Afectos”.

Antes, começa a percorrer o globo com prévias que prometem seduzir público e crítica.

Este ano, já no Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, os interessados poderão conferir, no Solar Ferrão, em Salvador, Bahia, a exposição Luanda, Suave e Frenética.

Veja abaixo vídeos dos trabalhos dos artistas angolanos Yonamine e Kiluanji Kia Henda, que serão mostrados em novembro, em Salvador:

Para o próximo ano, estão previstos 200 eventos artísticos e culturais, promovidos pela Fundação Sindika Dokolo.

O projeto, orçado em US$ 3 milhões, envolve 22 cidades de quatro continentes: dez africanas, oito europeias, duas asiáticas e duas americanas.

No Brasil, além de Salvador, São Paulo está incluída no roteiro da mostra.

Sindika Dokolo

Sindika Dokolo

O congolês Sindika Dokolo, 35 anos, é casado com Isabel dos Santos, filha do presidente de Angola, José Eduardo dos Santos.

Clique aqui e saiba mais sobre a família Dokolo. Veja fotos da coleção de obras de arte da fundação.

Leia mais sobre as riquezas de Dokolo nesta matéria do jornal Publico.

dez cidades africanas, oito
europeias, duas americanas e igualmente duas asiáticas.

2 Comentários

Arquivado em Atualidade, Cultura

Guerra e fome em África


As guerras fizeram de África um continente de famintos:

Comentários desativados em Guerra e fome em África

Arquivado em Atualidade

Grace Mugabe e o leite da Nestlé


Grace Mugabe

Grace Mugabe, primeira-dama do Zimbabwe

Essa é boa.

Grace Mugabe é a primeira-dama do Zimbabwe.

Esta semana, foi notícia na seção de Economia do jornal inglês The Sunday Telegraph.

O motivo?

Ter assumido o controle de pelo menos seis das melhores fazendas que pertenciam a proprietários brancos e vender até 1 milhão de litros de leite por ano à multinacional suíça Nestlé.

O problema é que a União Europeia estabeleceu sanções ao país zimbabueano.

A Nestlé, que comprava o produto através da leiteira Dorkin Dairies, se defendeu em comunicado:

” Compramos esse leite através da leiteira Dorkin Dairies, até que esta empresa quebrou, em fevereiro, e, a partir desse momento, começamos a comprá-lo diretamente”.

Grace já foi objeto de inúmeras reportagens sobre o jeito excêntrico de gastar o dinheiro dos zimbabueanos.

Clique aqui para saber mais sobre as excentricidades da primeira-dama.

Comentários desativados em Grace Mugabe e o leite da Nestlé

Arquivado em Atualidade

Política complicada


Coisa complicada é a política na África e nas Américas.

Enquanto o Brasil e o governo Lula condenam o golpe em Honduras, presidentes africanos e sulamericanos cuja trajetória política é questionável, apesar de inicialmente legitimada pelo povo de seus países, foram ovacionados na Cúpula América do Sul-África.

No final do encontro, na Ilha Margarita, na Venezuela, cerca de 30 líderes de 66 países dos dois continentes selaram uma aliança para agilizar a integração.


A próxima cúpula acontece em 2011, na Líbia.


Clique aqui e saiba mais sobre o que ficou decidido neste encontro a respeito do posicionamento internacional em relação ao golpe de Honduras.



Comentários desativados em Política complicada

Arquivado em Atualidade, Política

Mugabe e o poder


Tenho profundo respeito a África, mas, confesso, não entendo no que se transformaram alguns revolucionários de países do continente.

Um deles é Robert Mugabe.

Sexta-feira, em Nova Iorque, perante a Assembleia da ONU, ele acusou os países ocidentais de tentar dividir o governo de união zimbabueano e de manter as sanções contra o seu país, informa a Lusa.

Mas esqueceu de lembrar o que sua gestão tem legado ao Zimbabue, um país de pobres trilionários, de extrema desigualdade, elevados níveis de corrupção e violação dos direitos humanos.

Comentários desativados em Mugabe e o poder

Arquivado em Atualidade, Política

Guerra colonial – 17° episódio (3ª parte)


Savimbi faz revelações em documento, que, para alguns, confirma certo conchavo da UNITA com o poder colonial. Partidários do Galo Negro até hoje contestam as afirmações.

Confiram abaixo:

Comentários desativados em Guerra colonial – 17° episódio (3ª parte)

Arquivado em História

Avião cai e deixa 4 feridos


Quatro pessoas ficaram feridas em um acidente de avião na África do Sul.

A aeronave caiu sobre uma escola que estava vazia por causa do feriado no país.

Apenas os três tripulantes estavam a bordo. Uma senhora que estava perto do prédio também foi atingida.

Clique aqui e veja o que diz a TVI sobre o acidente.

Comentários desativados em Avião cai e deixa 4 feridos

Arquivado em Atualidade

Justiça seja feita


Se depender da Justiça sul-africana, Themba Mvubu, de 24 anos, e Thato Mphithi, de 23, não vão mais estuprar nem matar nenhuma mulher.

Eles foram condenados, respectivamente, à prisão perpétua e a 32 anos de reclusão.

Myubu e Mphiti foram os responsáveis pela morte da jogadora lésbica de futebol Eudy Simelane, que sofreu agressões e estupro antes de morrer.

Comentários desativados em Justiça seja feita

Arquivado em Atualidade