Guiné Bissau: há presidente


Malam Bacai Sanha | Foto: Reuters

Com 224.259 votos, que representam 63,52% do universo de eleitores da Guiné Bissau, Malam Bacai Sanha, apoiado pelo PAIGC, o partido no poder, é o novo presidente do país.

Ele venceu o segundo turno das eleições presidenciais realizadas no último domingo.

Kumba Ialá, o candidato derrotado do Partido da Renovação Social (PRS), obteve 129.973 votos válidos, o que significa 36,8%.

A Guiné-Bissau antecipou o pleito depois que o último presidente, Nino Vieira, foi assassinado no dia 2 de março, na sua casa, em Bissau.

No domingo, cerca de 400 mil guineenses foram às urnas para escolher, entre Kumba Ialá e Malam Bacai Sanhá.

Hoje, Kumba Ialá concedeu entrevista coletiva na qual diz aceitar o resultado das eleições.

Para quem não conhece a realidade da África, vai a explicação.

O candidato derrotado aceitar o resultado de uma eleição em países que vivenciam conflitos históricos pelo poder no continente africano significa a garantia de governabilidade e de paz para o vencedor.

Kumba Ialá, o candidato derrotado do PRS | Foto: Epa

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Atualidade

2 Respostas para “Guiné Bissau: há presidente

  1. Mano-Pele

    Espero que o novo presidente eleito saiba o que fazer para tirar o país no abismo de pobreza e corupçao em que se encontra. E que também saiba erradicar o trafico ilegal de drogas existente no pais actualmente considerado pelas Naçoes Unidas como o ponto de transito (trampolin) para o transporte de cocaina para Europa e America do Sul.
    DEUS ABENCOE MINHA PATRIA GUINE-BISSAU EM NOME DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO. AMEMMMMMMMMMMMMMM.

    • Hilcelia Falcão

      Tomara, Mano. Tomara! Estas são as sequelas do regime colonialista em África. Lutemos pois para modificar esta realidade!