Milicianos islâmicos: morte na Nigéria


Trinta e nove milicianos islâmicos morreram em ataque a um posto policial, ontem, na Nigéria.

Outros 150 foram presos.

Eles atacaram também uma estação na capital do Estado de Bauchi.

Hoje, algumas agências internacionais já divulgaram que subiu para 65 o número de mortos nos conflitos no país.

É o velho espírito belico africano misturado a boas doses de fanatismo e a herança maldita do colonialismo em África.

É uma pena que países tão ricos culturalmente se percam em tantas guerras.

Clique aqui e veja o que diz a wikipédia sobre a Nigéria.

Abaixo, um depoimento de uma professora latino-americana sobre uma experiência de sensibilidade naquele país:

*Com informações das agências internacionais

Anúncios

Comentários desativados em Milicianos islâmicos: morte na Nigéria

Arquivado em Atualidade

Os comentários estão desativados.