Alcione canta em Angola


Alcione e Martnália

Como Clara Nunes, adorada na África Lusófona nos anos 60 e 70, Alcione até hoje é sucesso em Angola.

Neste fim de semana, ela testa mais uma vez um pouco desta popularidade.

A cantora brasileira é esperada neste sábado, na cidade do Lubango, capital província da Huíla, sul de Angola.

Até agora, mais de 600 ingressos foram vendidos.

Em Luanda desde o início da semana, fez shows na Casa 70 e hoje apresenta-se no Cine Carl Mark.

O romântico angolano Anselmo Ralph divide o palco como convidado.

A promoção do espetáculo na Huíla é da Showas-Produções.

Lembro-me dos karaokês (que os angolanos chamam “karaóque”) no Danadão, no Cine Karl Marx, quando muitos nacionais iam ao palco interpretar sucessos imortalizados pela cantora como “Não deixe o samba morrer”.

Íamos, eu, Patitex, minha doce amiga, o maridão dela e o pessoal do Semanário degustar pizzas regadas a bons vinhos e lembrar do Brasil

A platéia, cheia de brasileiros, acompanhava e aplaudia com empolgadção.

Clara Nunes e Martinho da Vila | Reprodução

Clara Nunes e Martinho da Vila | Reprodução

Anúncios

Comentários desativados em Alcione canta em Angola

Arquivado em Atualidade

Os comentários estão desativados.