Protestos na África do Sul


Esta semana, o presidente sul-africano, Jacob Zuma, tem um probleminha a mais para resolver.

É que voltaram a acontecer protestos violentos nas áreas antes segregadas pelo apartheid.

Os sul-africanos mais pobres querem alojamentos decentes, emprego e um melhor acesso a água potável e energia elétrica, bandeiras de campanha do presidente eleito pelo ANC, o partido de Mandela.

É a violência como resposta à desigualdade social.

Anúncios

Comentários desativados em Protestos na África do Sul

Arquivado em Atualidade

Os comentários estão desativados.