Sonoridade caboverdiana


Não fui a nenhuma das ilhas do mapinha abaixo, mas dona Cesária Évora me fez o favor de apresentar um lado que adoro da cultura de Cabo Verde: a música.

Não que tenha conhecido essa senhora tão de perto assim, mas só de ouvi-la aqui mesmo no Brasil, em CD, já me sentia em casa.

Foi por isso que em Luanda fiz questão de conhecer aquele lugarzinho singelo onde conterâneos dela fazem singelas apresentações.

São kotas caboverdianos que entoam, em crioule, seu canto melancólico que tanto me seduz.

Fui lá, vi, ouvi e registrei. Clique e veja.

Recomendo.

Abaixo, Cesaria Évora canta Angola:

Anúncios

Comentários desativados em Sonoridade caboverdiana

Arquivado em Atualidade, Cultura

Os comentários estão desativados.