Senagalês critica UE


O presidente senegalês, Abdulaye Wade, está indignado com a União Europeia.

Diz que ela isola a África negra e avisou – a UE vai perder em competitividade.

O motivo?

O continente está formando sociedades com o Brasil e a Índia.

“Se a Europa continuar se fechando para os países do sul do Saara, estes não ficarão sem reagir”, declarou Wade à AFP em Bruxelas, na quarta-feira, no Forum Econômico Mundial.
Ele é vice-presidente da Nova Aliança para o Desenvolvimento da África (Nepad).

Wade esteve recentemente na Bahia onde participou do Dia da África, ao lado do presidente Lula.

Anúncios

Comentários desativados em Senagalês critica UE

Arquivado em Atualidade

Os comentários estão desativados.