Cemitério dos navios


Navios encalhados

Cemitério dos navios, Angola, Luanda | Foto: Hilcélia Falcão

E então…

Voltemos à rotina light de posts mais amenos.

Dei um rolé pelas fotos que fiz de Luanda e vi umas coisinhas legais para publicar aqui.

Uma é um lugar que nós, brasileiros, apelidamos de Cemitério dos Navios.

Fica depois de Cacuaco e precisamos passar umas horinhas num engarrafamentozinho básico até chegar lá. Chama-se Santiago (ou São Tiago). Estive lá duas vezes.

Depois de uma estrada de terra, aparece aquele marzão lindo de África, cheio de embarcações enormes, enferrujadíssimas. São pelo menos uns 20, encalhados naquele lugar.

Ninguém sabe ao certo como foram parar lá. Muito menos o porquê de estarem ali há tanto tempo.

Mas uma coisa é certa: o encalhe deve ter alguma relação com o regime, a guerra e as lutas pela independência do país.

Abaixo, mais umas fotinhas, para vocês entenderem do que falo:

Cemitério dos Navios

O navio

O relevo

O relevo

As pessoas

As pessoas

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em turismo

4 Respostas para “Cemitério dos navios

  1. Flávio

    massa demais.
    Vontade retada de estar ali no cemitério de navios.
    E em uma praia que não tem barraca. Massa.
    Ainda vou lá.

  2. Hilcelia Falcão

    Vai,sim. É um lugar maravilhoso!

  3. Ricardo Pereira Neutzling

    A localidade deve ser muito bonita, mas provavelmente o que estão fazendo é uma desova de navios (infelizmente).

  4. Hilcelia Falcão

    São navios muito antigos, Ricardo. Devem estar lá há pelo menos 20 anos.