Ia para Angola e morreu no voo da Air France


Nelson Marinho, filho do casal Nelson e Eva Marinho, ia trabalhar numa plataforma de petróleo em Angola. Antes, visitaria as irmãs na França.

Chegou tarde ao aeroporto internacional Tom Jobim, no Rio.

Mas ainda deu tempo de fazer o check-in e embarcar no voo 447 da Air France que desapareceu no Atlântico com 228 pessoas a bordo no ultimo dia 31.

Agora, os pais vivem a agonia da espera pelo processo de identificação.

Hoje, o presidente francês Nicolas Sarkozy prometeu ao presidente Lula que irá indenizar as famílias de todas as vítimas do que já é considerado o pior acidente da história da aviação.

Há certas coisas que o dinheiro não compra.

 

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Atualidade

3 Respostas para “Ia para Angola e morreu no voo da Air France

  1. que essas pessoas do voo A447 estejam em um bom lugar com DEUS, estou muito triste por esse acidente.
    mas nunca se deve esquecer que isso é mais um aviso do nosso senhor. fiquem com DEUS. que isso possa servir de lição para nós.

    ass: evanildo santos da silva

  2. Allysson Mendonça

    nelson marinho filho (nelsinho) era muito mais que um amigo pra mim….
    eu o conhecia ha muito tempo….
    espero que ele esteja em um lugar ótimo e que seu corpo seja logo identificado pra acabar com essa agonia da sua família…

    • Hilcelia Falcão

      Que ele possa descansar em paz! Minha solidariedade aos amigos e à família.