Incêndio mata 61 na África do Sul


Garimpeiro no sul do Amazonas, no Brasil | Foto: internet


Pelo menos 61 garimpeiros que trabalhavam em uma exploração ilegal de ouro morreram em um incêndio ocorrido em galerias abandonadas de uma mina na província de Free State, na África do Sul.

Eles morreram em consequência de um incêndio subterrâneo. Os trabalhos de resgate foram suspensos ontem porque a área do acidente foi “declarada perigosa”.

A ministra de Mineração sul-africana, Susan Shabangu, visitou o local do acidente, nas proximidades da cidade de Welkom, a 500 quilômetros ao sudoeste de Johanesburgo.

Segundo Graham Briggs, diretor-geral da Harmony Gold, 294 pessoas que exploravam ilegalmente a jazida foram detidas nas últimas duas semanas.

Há dois anos, também na província de Free State, outros 23 garimpeiros que trabalhavam em uma exploração ilegal de ouro morreram em um incêndio subterrâneo. Informações da Agencia EFE.

Anúncios

Comentários desativados em Incêndio mata 61 na África do Sul

Arquivado em Atualidade

Os comentários estão desativados.