Força Aérea Brasileira encontra supostos destroços do 447


Dois países africanos  – Senegal e Cabo Verde – ajudam nas buscas ao voo AF 447 da Air France que desapareceu na noite de domingo depois de decolar do Aeroporto Internacional Tom Jobim, com destino a Paris.

Ontem,  o governo do Senegal afirmou ter localizado, nas suas águas, destroços  que podem pertencer à aeronave A330-200.

Há notícias não confirmadas de que haveria passageiros de Angola no avião. No entanto, até o momento, a Air France informou que brasileiros – 58 – e franceses  são maioria entre os embarcados na aeronave.

O príncipe brasileiro Pedro Luis de Orleans e Bragança era um dos passageiros do voo AF447.  Pedro Luís, 26 anos, era descendente de D. Pedro II, filho do príncipe D. António e o quarto na linha sucessória do trono.

Agora pela manhã, a Força Aerea Brasileira encontrou destroços de uma aeronave que também podem ser do voo 447.

No Rio de Janeiro, o clima é de comoção entre os familiares dos passageiros que recebem assistência da compahia aérea francesa.

VEJA AS PRIMEIRAS INFORMAÇÕES SOBRE O ACIDENTE NESTE VIDEO. O número de brasileiros divulgado aqui, 80, foi corrigido depois para 58.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Atualidade

2 Respostas para “Força Aérea Brasileira encontra supostos destroços do 447

  1. anonimo

    ja foi confirmado que nao se encontrava nenhum anglano

    • Hilcelia Falcão

      eu sei, amilcar. postamos o assunto em outro post. na verdade, era um brasileiro que iria a angola a trabalho.