Arquivo do dia: 26/05/2009

Sistema de cotas étnicas e sociais: contra ou a favor?


Dê sua opinião sobre o sistema de cotas étnicas adotado em boa parte das instituições públicas de ensino superior no Brasil.

Anúncios

Comentários desativados em Sistema de cotas étnicas e sociais: contra ou a favor?

Arquivado em Atualidade

Justiça carioca suspende sistema de cotas


Bolsonaro é contrário ao sistema de cotas

O sistema de cotas para afrodescendentes continua gerando ações judiciais no Brasil.

Desta vez, a “guerra” foi parar na Justiça, que suspendeu o benefício em instituições de ensino superior do Rio de Janeiro.

Hoje, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e a Secretaria de Ciência e Tecnologia decidiram acionar a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para entrar com embargo à liminar expedida ontem, Dia da África.

Há sete anos, o sistema carioca reserva 45% das vagas para estudantes negros egressos de escolas públicas, deficientes físicos, indígenas e filhos de policiais e bombeiros que morreram em serviço.

A lei que prevê o sistema foi suspensa ontem pelo Tribunal de Justiça do Rio, que concedeu liminar ao deputado estadual Flavio Nantes Bolsonaro (PP) para quem a lei é discriminatória e não cumpre o papel de oferece oportunidades iguais.

Comentários desativados em Justiça carioca suspende sistema de cotas

Arquivado em Atualidade

Navio Negreiro


Navio Negreiro, TEXTO DO POETA CASTRO ALVES DECLAMADO PELA CANTORA MARIA BETHANIA, SEGUIDO PELA MÚSICA O Índio, de Caetano Veloso:

Comentários desativados em Navio Negreiro

Arquivado em Cultura, História

África forte


“Somos um continente rico e temos homens e mulheres corajosos. Temos parceiros comerciais, como o Brasil. Agora, a África precisa de unidade política. Só seremos fortes se todos nós estivermos juntos. Chegou a hora de levar a prosperidade e o desenvolvimento para a África”.

Abdoulaye Wade, presidente do Senegal, na cerimônia de lançamento do III Fesman no Dia da África, no Teatro Castro Alves, em Salvador-Bahia-Brasil

Comentários desativados em África forte

Arquivado em Atualidade, Cultura