Confronto na Somalia*


Enquanto Angola discute paz, na Somália, 45 pessoas morreram, na sexta-feira em confrontos e bombardeios próximos ao Palácio Presidencial somali, em Mogadíscio.

Radicais islâmicos do grupo Al Shabab e seus aliados, que querem derrubar o presidente Sheikh Ahmed, atacaram o palácio.

As forças governamentais realizaram um forte bombardeio em ruas próximas ao palácio e ao mercado de Bakaro.

O governo somali declarou guerra aos grupos radicais islâmicos e retomou os combates para “restaurar a segurança” em Mogadíscio, disse o ministro da Defesa do país, Mohammed Abdi Gandi.

O grupo Al Shabab é vinculado pelos Estados Unidos à rede terrorista Al Qaeda, informou a Angop.

Os números do conflito:

Mais de 180 pessoas morreram nas duas últimas semanas

700 ficaram feridas

Cerca de 50 mil fugiram de suas casas

* Com informações da Reuters e Angop

Anúncios

Comentários desativados em Confronto na Somalia*

Arquivado em Atualidade

Os comentários estão desativados.