Genocídio em África


Carlos Fabiao

Carlos Fabiao

“Houve uma altura em que pensei: “Isto não me serve, não aguento isto”. Realmente aquilo era demais, pá. A vida humana deixou de ter qualquer importância” 

Coronel Carlos Fabião, capitão em 1961 (tropas portuguesas) 

♦♦♦♦♦♦♦

“O mais chocante é dizer que vimos miúdos esfacelados”

General Almeida Bruno, tenente 1961 (tropas portuguesas)

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em História

2 Respostas para “Genocídio em África

  1. Sim, a guerra não escolhe suas vítimas.
    E pensar que os miudos de lá são tão lindos quanto os de cá…