Coisa de cinema


O título do post não é nada original. Mas foi o que me veio à cabeça depois de horas no lê-lê-lê-lê*.
Os cinéfilos dos países de língua portuguesa não perdem por esperar. Em breve, serão brindados com documentários produzidos graças a um concurso lançado nesta quinta-feira, 2, no Brasil.
Trata-se do I Programa de Fomento à Produção e Teledifusão do Documentário da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – DOCTV CPLP. 
Podem disputar o concurso cineastas do Timor-Leste, Moçambique, Angola, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau, Cabo Verde, Portugal, Brasil e Macau (RAEM – Região Administrativa Especial de Macau, China).
 

 

A iniciativa contemplará um projeto vencedor por país com um contrato de co-produção no valor de 50 mil euros. O lançamento ocorreu em São Paulo, durante o 14º É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários.
As inscrições começam dia 6.
Obs: lê-lê-lê-lê = trabalho, em baianês

Anúncios

Comentários desativados em Coisa de cinema

Arquivado em Cultura

Os comentários estão desativados.