Vexame internacional


Pausa para discutir a relação.

Ou melhor: os laços entre os ricos e pobres em meio à crise internacional.

Bento XVI diz andar preocupado com a situação de África. Mas manteve o discurso de condenar esta semana, antes da ida a Angola, o uso da camisinha em visita a Camarões. Polêmicas religiosas à parte, o preservativo é a forma mais difundida de prevenção ao HIV. Num continente de elevada incidência da Aids – Sida, para os angolanos – esta declaração é, no mínimo, contraditória.

Já que Ratzinger não traz propostas contundentes para resolver os problemas econômicos africanos, resta-nos o apelo dos líderes destes países para proteger o continente da crise internacional. Veja o que eles propuseram na reunião promovida pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), na Tanzânia. A maioria acha que os ricos é que devem pagar a conta do vexame do capitalismo internacional. Confiram no vídeo da Agência Brasil: http://www.agenciabrasil.gov.br/media/videos/2009/03/11/mat02.flv/view

Anúncios

Comentários desativados em Vexame internacional

Arquivado em Economia

Os comentários estão desativados.