Tarrachinha – proibido para menores


Agora, é a vez da tarrachinha. A definição mais sucinta e precisa é do escritor angolano José Eduardo Agualusa, no livro As Mulheres do Meu Pai:  “É uma dança de um erotismo violento”. Reparem o lentíssimo movimento das ancas e o ritmo que embala esta dança altamente sensual:   

About these ads

6 Comentários

Arquivado em Cultura

6 Respostas para “Tarrachinha – proibido para menores

  1. regina

    Na batalha do arrocha versus tarrachinha, o primeiro perde.

    Nossa…que tarrachinha é essa…o arrocha perde de longe…em elegância e sensualidade. na dança, digo. E musicalmente, claro.

  2. Marcia Gomes

    Hil, querida. A tarrachinha é desconcertante. Mas juro que gostaria de ver de perto uma festa em que os casais dançam desse jeito e depois se cumprimentam e partem cada um para um lado. Se sendo desconhecidos fazem assim, imagine o que namorados não fazem! Viva as diferenças culturais do planeta!

  3. Andreia

    Marcia está certa, deve ser interessantissimo ver a cena ao vivo!

  4. Pedro mel

    o diabo anda se encarnando nas pessoas